Somente o homem pode transformar o mundo para melhor!

Nos mundos espirituais ESPAÇO e TEMPO são duas relatividades cuja existência não tem razão de ser. Mas no mundo onde, transitoriamente, nos encontramos, toda a nossa existência é marcada pelas horas, dias, meses e anos, justificando-se, desse modo, que se dê alguma importância ao momento no qual uma folha do tempo cai, para dar lugar a um novo ano.

Mas, na verdade, tudo acontece numa sequência natural dos dias. A Natureza não dá saltos e a vida não muda da noite para o dia, por um passo de mágica, porque as criaturas, na sua ignorância sobre a vida real, das leis que regem o Universo e são comuns, naturais e imutáveis, desejariam que o mundo melhorasse com a simples mudança da folha do calendário.

Na realidade, não é assim que as coisas acontecem!
Para haver mudança para melhor, os homens que transformaram este mundo no caos que se vê — terão que trabalhar muito para que tudo se modifique.
As criaturas têm que se convencer do valor do pensamento. Que para além do corpo físico o ser humano tem uma alma que incita e movimenta o seu veículo – corpo. Que a vibração do espírito chama-se pensamento. Que o ser humano não é senão um instrumento que recebe, com mais ou menos clareza, o que de fora lhe é intuído, conforme o seu estado psíquico e educação da sua vontade.
O nosso espírito pela sua vibração do seu viver atrai e repele pensamentos bons ou maus e através desses pensamentos, que temos um viver saudável ou não.
"...o espírito humano está no corpo todo, que é feitura sua, e só age por intermédio dos nervos... Fonte: Dr. António Pinheiro Guedes, Livro Ciência Espírita, página 30"
É imprescindível que o homem fortifique a sua vontade para pôr em prática a lei da atração para o bem. Único caminho para que o mundo se transforme, evolua e viva em paz e com maior prosperidade!
Na passagem de ano todos se cumprimentam, augurando, mutuamente, saúde e felicidades. Não há dúvidas de que é saudável um otimismo bem dosado, porque nesse otimismo está implícita a esperança por dias melhores, que não devemos deixar que morra. Outrossim, é preciso que a Verdade seja conhecida, se consolide e impere por toda a parte.
Não obstante o pessimismo reinante, no fundo, o povo vai desejando: FELIZ ANO NOVO. A voz do povo pode ser a “voz de deus” ou “a voz do diabo”. Para que essa voz seja a VOZ DE DEUS, como a maioria deseja, necessário se torna que aprenda a pensar para bem atrair. Com o fortalecimento da corrente do bem, as coisas boas que sabemos estarem por vir, começarão a despontar.
Ninguém é dispensável. Todos poderão, se quiserem, colaborar, para juntos construirmos um mundo mais feliz para todos.
Esse é o nosso desejo para que o amanhã, os dias seguintes e o próximo ano possa vir a ser mais suportável, com menos sofrimento do que vem sendo anunciado.
Somente o homem pode transformar o mundo para melhor!
Antão José Lopes da Luz

Tags: